Patrimônio e Valor

O presente texto apresenta reflexões e opções realizadas durante a elaboração do meu plano de investimento pessoal, e que declaro não ser profissional, não ter qualquer certificação, e não se tratar de qualquer indicação de compra ou venda, que a referência a produtos de mercado ou empresas são exemplificativas e não qualificadoras, limitando-se apenas a documentá-las para fins históricos. Sugere-se a leitura das lições sobre investimentos pessoais elaboradas pela Marriott School of Management (Brigham Young University).

  • Por que acumular patrimônio?
    • Existência de recursos para suportar condições adversas (tratamento de doenças, incêndios, catástrofes, perda de fonte oriunda do trabalho, etc);
    • Existência de recursos para fazer o bem (você poderia ser um escravo caso outras pessoas não tivessem contribuído para a liberdade no passado);
  • Por que a renda passiva é útil?
    • Devido a incerteza da obtenção continuada de renda (rendimentos mensais) suficiente para arcar com seus gastos e manter a qualidade de vida atual, uma vez que há susceptibilidade a condições adversas. Quanto maior esta incerteza e o seu desejo de manter a qualidade de vida atual, maior deve ser o esforço para o acumulo de patrimônio e para a geração de renda passiva.
    • Findar a dependência da renda oriunda do trabalho, acumulando patrimônio suficiente para que a renda passiva seja compatível com os gastos, podendo assim dedicar-se a objetivos maiores;
    • Aumentar os rendimentos mensais para melhora da qualidade de vida:
      • Melhorar a qualidade da educação fornecida aos seus descendentes para que possam ter papel relevante na sociedade na defesa democracia, no combate a corrupção, por outro motivo maior;
      • Complementar a renda da previdência oficial para manutenção da qualidade de vida desejada.
      • Adquirir um imóvel melhor sem prejudicar sua qualidade de vida. Devido a incentivos ao mercado imobiliário, os juros do financiamento de imóveis são menores que os rendimentos da maioria dos investimentos do mercado de capital, então com patrimônio maior, a renda passiva pode ser utilizada para o pagamento do financiamento.
      • Adquirir um carro melhor sem prejudicar sua qualidade de vida. O custo decorrente da posse de automóvel é relevante, há IPVA, manutenção, desvalorização e custo de oportunidade (rendimentos que deixaram de ser gerados com o recurso imobilizado pela compra do automóvel, afinal, você comprou um carro ao invés de investir), custos que não podem ser mantidos caso a renda não seja compatível;
  • O acúmulo de patrimônio é essencial?
    • Entende-se que acumular é abdicar de algo no presente para obter algo melhor no futuro. É livre a decisão da qualidade de vida que se deseja ter ou oferecer àqueles sob sua proteção, pode-se decidir não acumular patrimônio e aceitar o risco da redução da qualidade de vida.
  • Quanto devo acumular?
    • Isto está vinculado a realidade de cada indivíduo, inclui desde a quantidade de dependentes, o tipo de imóvel que se deseja morar ou a quantidade de recursos necessários para contribuir com motivos maiores, como à defesa da democracia, ao combate a corrupção, a ajuda humanitária, etc.


Patrimônio e Investimentos


O acúmulo de patrimônio tem como princípios a desvinculação de prazos, a existência de valor e o controle de riscos, operados por meio de plano investimento pessoal livre ponderações, principalmente emocionais, em determinado a cada período de sua execução.

  • Ações;
  • Fundo de Investimentos Imobiliários;
  • Títulos Públicos;
  • LCI/LCA;

 

Diversificação


Diversificação, Diversificação, Diversificação, Diversificação.

  • Diversificação;
  • Diversificação;
  • Diversificação;
  • Diversificação;
  • Diversificação;
  • Diversificação;

 

A taxa básica de juros (SELIC) e a marcação a mercado


A taxa básica de juros, A taxa básica de juros, A taxa básica de juros, A taxa básica de juros.

  • A taxa básica de juros.
  • A taxa básica de juros.

 

Investindo em Valor


Investindo em valor, Investindo em valor, Investindo em valor, Investindo em valor, Investindo em valor, Investindo em valor.

  • Investindo em valor.
  • Investindo em valor.
  • Investindo em valor.
  • Investindo em valor.

 

Método de diversificação em ações


Entendida a mitigação de risco por meio da diversificação externa, segue-se um método de diversificação interna em ações.

  • Classificação de empresas.
    • Governança, segmento de mercado amplo e relevante maturidade;
      • AMBEV S/A
      • CIELO S.A.
      • CETIP S.A.
      • GRENDENE S.A.
      • WEG S.A.
    • Governança, segmento de mercado amplo e razoável maturidade;
      • M.DIAS BRANCO S.A.
      • ODONTOPREV S.A.
      • PORTO SEGURO S.A.
      • TOTVS S.A.
    • Governança, independência do segmento de mercado ou maturidade;
      • BCO BRASIL S.A.
      • CIA HERING
      • CIA SANEAMENTO BASICO EST SAO PAULO
      • EZ TEC EMPREEND. E PARTICIPACOES S.A.
      • TRACTEBEL ENERGIA S.A.
  • Governança
    • Fundamento para o acúmulo de patrimônio em ações, é requisito para sua a perpetuidade e traduz-se em valor;
  • Segmento de mercado
    • Relaciona-se a escalabilidade do produto ou custo de produção;
  • Maturidade
    • Relaciona-se ao crescimento constante ou ao nível de susceptibilidade a variações da percepção de valor; As variações de percepção de valor, impõe a variação no preço, que a existência de governança infere-se a perpetuidade e consequente retomada da percepção de valor;

 




Reinaldo Gil Lima de Carvalho

  1. Nenhum comentário ainda.
  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: